Relação afetiva com a Motorola e a boa surpresa de conhecer o Android no Milestone 2

startacO primeiro celular a gente nunca esquece. E ele era um Motorola. Na época ainda existia a Telesp Celular e a sensação era a linha Baby. Quem se lembra? Rs! Pois eu comprei o meu, um Multitac. Na época, outro aparelho era o mais bacanudo, o saudoso Startac, cujo sucesso foi repetido algum tempo depois com o V3, verdadeira febre… Anos se passaram, muitos modelos e tecnologias depois, eis que chega às minhas mãos o primeiro smartphone com sistema operacional Google Android, um Motorola Milestone 2.

Eu, que já tive iPhone , meu segundo gadget da Apple, estava doido para conhecer o concorrente que muitos apontam que pode até superar o iOS da Apple. Sim, pode. Mas, o gadegt terá que aliar um ótimo aparelho com o já vantajoso sistema do Google. E a desvantagem é que qualquer marca hoje pode trazer embarcada uma das versões do Android. Isso pode ser bom para o Google, mas não necessariamente para a marca, que concorre com outros tantos e tão bons quanto.

Provar o Android, via Motorola, me remonta aos princípios da minha descoberta da tecnologia móvel. Claro que sei que o Milestone já tem sucessores da própria marca que podem superá-lo. Eis o Defy, o Atrix e o seu primo irmão tablet Xoom, que concorre com o iPad. Aliás, por falar em concorrência, ela está cada vez mais acirrada e uma enxurrada de modelos está invadindo o mercado para fazer frente ao iPad 2, que acaba de chegar à lojas no Brasil, algumas já com o produto esgotado!

v3Fui na Fast Shop do shopping Bourbon nesse fim de semana e me aproximei do iPad 2. Logo que comecei a testá-lo, duas senhoras chegaram ao meu lado e eu, que sou leigo, passei a ser um Apple promoter! Foi legal, pois eu parecia um expert no assunto. Ela nunca usou computador na vida, mas considera fortemente a possibilidade de se iniciar no mundo digital com um tablet. Me perguntou qual era o melhor? Eu não tive dúvidas: “Com o iPad, a senhora não terá que ficar lendo manuais. Tudo é muito intuitivo. Essa é grande sacada da Apple em todos os seus produtos recentes de sucesso”. E também é a sacada do Android, quase tão simples quanto.

Confesso que fiquei um pouco confuso com alguns recursos do Milestone 2, como o Motoblur (sem o qual o telefone não inicia!). Acho que há muita informação nas tela. Os widgets, na minha opinião, deixam tudo meio over… Prefiro o iOS, que tem os ícones bem organizados. Nem sempre quero ter logo de cara a informação do meu Twitter ou do meu Facebook, sem precisar clicar em nada. Mas sei que até isso é configurável. Então, é questão de se acostumar.

Falando do Milestone 2 propriamente, digo que é um aparelho muito bacana. O teclado físico lateral é muito prático, intuitivo e é super confortável digitar nele. A câmera de 5 megapíxel, com flash não é mais um diferencial, pois o iPhone 4 também traz esses recursos, assim como processador de 1 GHz, que torna a navegação rápida. O diferencial fica por conta de o sistema aceitar Flash Player, coisa que a Apple está tentando resolver impondo um novo padrão, o HTML 5 que, aliás, tem tudo para “pegar”.

milestoneDois itens que acho que poderiam ser mais bem resolvidos no Motorola: a ergonomia do aparelho e o peso. Ele é muito reto, não acompanha o movimento natural das mãos… A Motorola poderia fazer a tela abrir inclinada, não? E o peso, acho que poderia ser um tantinho mais leve. Se bem que o iPhone é pesado e eu não reclamo… Então, não chega a ser algo ruim. O Android Market está aos pés da . É possível ter tudo o que eu tenho no iPhone, mas senti falta do Instagram, o genial app que transformou o jeito de tirar, modificar e compartilhar fotos. Todo mundo pode ser pseudo artista com o programinha.

A decepção, com a versão do Android e não do Milestone 2, foi que eu estava ávido por ver funcionar uma vídeo-chamada, mas não encontrei esse recurso. Também fico incomodado com o iPhone, que traz o Face Time muito bem resolvido, mas não consigo usá-lo com aparelhos de outras marcas. Outros pontos positivos são o Wi-fi fácil intuitivo as várias opções de configuração de rede, com a possibilidade de deixar os aplicativos em segundo plano atualizando só em caso de conexão Wi-fi disponível. Ótimo para quem quer economizar dados!

motorola-atrix_dock-main-lgResumo da experiência: encontrei um aparelho à altura, um sistema tão bom quanto ao iPhone, mas não sei qual será minha próxima compra. Motorola, me surpreenda. Carinho por ti eu já tenho!

Mais sobre o Milestone 2 

– Smartphone com Android™ 2.2
– Acesso à internet pelo diferencial do Adobe® Flash® Player 10.1
– Processador de 1Ghz, agora com suporte para 802.11n
Hotspot móvel 3G – conecte até cinco outros dispositivos Wi-Fi
– Evolução do MOTOBLUR, solução que facilita a gestão de e-mails, mensagens e de redes de relacionamento integrando todas as atualizações em um único lugar
– Captura e reprodução de vídeo HD de 720p, Adobe Flash Player 10.1
– Music Player que mostra as letras das canções, notícias e informações sobre os artistas, bem como aplicativos sociais integrados para compartilhamento e recomendações
8GB de memória interna e um cartão microSD de 8GB expansível até 32GB
– Câmera de 5MP com flash de LED duplo

COMENTÁRIOS

Este artigo não possui comentários